FGMF Arquitetos recebe prêmio Roberto Aflaflo pelo conjunto da obra
·

FGMF Arquitetos recebe prêmio Roberto Aflaflo pelo conjunto da obra

O escritório de arquitetura FGMF Arquitetos, liderado pelo trio Fernando Forte, Lourenço Gimenes e Rodrigo Marcondes Ferraz, foi destaque da 9ª edição do Prêmio AsBEA 2016, concedido pela Associação Brasileira dos Escritórios de Arquitetura e que acontece a cada dois anos. Os vencedores foram anunciados dia 12 de dezembro em evento no Instituto Tomie Ohtake.

O trio recebeu o Prêmio Roberto Claudio dos Santos Aflalo pelo conjunto da obra, com projetos inovadores e de qualidade nesses 15 anos de trabalho. A premiação é concedida pela inovação, consistência e importância da produção arquitetônica no âmbito nacional. Esta é a honraria máxima da associação de escritórios de arquitetura do Brasil e o FGMF é o escritório mais jovem a receber esta premiação na história da instituição.

Além do prêmio Roberto Aflalo, o FGMF também recebeu três menções honrosas que completam a premiação do FGMF pela AsBEA: Casa Teodora Barone – Vinhedo/SP (Residencial); Casa Mirante – Aldeia da Serra/SP (Projetos Especiais); Edificio Aruá – São Paulo/SP (Edifícios residenciais).

O prêmio teve sua cerimônia no Instituto Tomie Otake, em São Paulo, e antecipa as comemorações ao Dia do Arquiteto, comemorado no dia 15 de dezembro, pela entidade. Valorizar o trabalho dos escritórios de arquitetura do país levando em conta a importância dos projetos e a representação da classe de arquitetos no Brasil é o principal objetivo do Prêmio AsBEA de Arquitetura, que chega a sua nona edição.

O FGMF é o mais jovem escritório a receber este prêmio e entra para seleta lista de ganhadores junto com Índio da Costa, Aflalo&Gasperini, Roberto Loeb dentre outros tradicionais grandes nomes da arquitetura brasileira.

unnamed-2
Casa Teodora Barone – Divulgação

Além dos prêmios concedidos pela AsBEA, em 2016, o FGMF foi também congratulado por um dos prêmios do “grande prêmio de arquitetura corporativa” com o projeto da sede da Energisa e outros dois prêmios internacionais durante o IIDA Best Interiors of Latin America nas categorias “Single Residence” e “Hospitality” pelos projetos Casa Mattos e Clubes Complexo Dom Pedro. (com assessoria de imprensa)